Entrevistas

Leia entrevista com Junior Vidal, criador da página Forró das Antigas Vídeos

O cearense Junior Vidal é um dos mais novos fenômenos da internet. Autor de um perfil no Instagram com 56 mil seguidores e de uma página no Facebook com quase 50 mil, ele se dedica a pesquisar e publicar vídeos de bandas de forró que fizeram sucesso nos anos 90 e 2000. Aos 22 anos, o cearense de Maracanaú disse que o segredo do sucesso é um trabalho constante. Em entrevista exclusiva ao São João na Bahia, o autor da página Forró das Antigas Vídeos falou sobre a página e o trabalho que desenvolve.

Como surgiu a ideia de montar essa página?

Surgiu da vontade de ver algo sobre Forró das Antigas no Instagram. Até então, eu não conhecia nenhuma página que abordasse o assunto na rede e acabou que criei o perfil no Instagram. Logo na primeira semana, foram mais de 1500 seguidores e isso foi ganhando força com o tempo. Recebi o apoio de várias pessoas entre perfis que falam sobre forró, seguidores e artistas.

A página no Facebook eu criei quase um ano depois de começar no Instagram, mas não movimentava muito. Agora com a atualização do instagram para um minuto de vídeo ficou mais fácil compartilhar os registros.

Há quanto tempo a página existe?

O Instagram foi criado em novembro de 2014 e a página do Face em setembro de 2015, mas só agora começou de fato a ser alimentada.

Você faz algum tipo de investimento nela?

Financeiro não, mas tempo sim e muito. As vezes passo o final de semana todo pesquisando vídeos e músicas para servir melhor às pessoas que seguem os perfis, pois procuro sempre estar informado sobre o que estou postando.

Onde você obteve os vídeos?

A grande maioria está na internet mesmo.

Quanto tempo você dedica à página?

É difícil mensurar, pois além de cuidar desses perfis eu trabalho e estudo. Não me recordo de ter passado um dia sequer sem ter atualizado o perfil e as vezes levo horas para responder às pessoas e organizar as publicações. Não dá tempo sempre, mas faço o que posso.

Quais as bandas de forró que geralmente as pessoas mais curtem?

Por incrível que pareça, os que rendem mais acessos – pelo menos no Instagram – são os vídeos antigos das bandas Aviões do Forró e Calcinha Preta, porém a mais pedida é Mastruz com Leite em seguida Limão com Mel, Magníficos e as demais bandas que fizeram sucesso nos anos 90, como Styllus, Cavalo de Pau, Forró Maior e Brucelose.

Você acha que esse estilo pode voltar a fazer sucesso como nos anos 90/2000?

Eu acredito que sim. Batista Lima e Edson Lima estão lotando shows. A banda Gigantes do Brasil também lançou um CD com muito romantismo e o projeto solo de Kátia Cilene também está sendo muito aceito pelo público. Eu não só acho como procuro fazer todo esse trabalho para que mais pessoas da minha idade inclusive vejam de fato a riqueza que o forró tem por trás da realidade de hoje. Confesso que muitas músicas de qualidade que foram gravadas há mais de 20 anos eu nem conhecia e quando eu aprendo para mim são novas. O público mudou, a cabeça dos empresários mudou e infelizmente o nosso forró tomou um rumo que, pelo menos a mim, não agrada. Eu acredito sim que o forró de qualidade possa voltar com força desde que tudo mude, desde a cabeça dos empresários como a forma de consumir a música, pois às vezes cobramos músicas novas e quando saem, nós não baixamos, não compartilhamos com os amigos e isso acaba que não ajuda na propagação da boa música. Espero que as pessoas parem para pensar se esse forró que é “sucesso” hoje é o mesmo que eles querem que fique de legado para os seus filhos, netos.

Agradecimento

Gostaria de agradecer ao Gabriel Carvalho pela oportunidade de estar aqui partilhando essas informações sobre este trabalho que desenvolvo. Agradeço também aos meus amigos que todos os dias me incentivam a fazer esse trabalho e deixo meu registro de gratidão também aos artistas que apoiam e compartilham as publicações pois isso dá credibilidade e ajuda bastante na divulgação. Desejo muito sucesso a galera do São João na Bahia!